sexta-feira, 2 de maio de 2008

Roxos e Tombos

Não sei se toda mãe passa por isso, ou meu filho é mesmo "um furcão"!!!

Ele tem 1 ano e 4 meses e não para quieto um segundo. Nao existe um espaço de 5 dedos entre todos os roxos que ele tem espalhado pelo corpo... Quem vê deve achar que a gente espanca ele em casa! Na Testa, na Bocheca, no Queixo, na Cabeça, na Perna, nos Braços... ão existe um único lugar são e salvo nele!!!

Mas ele sobre no sofá, na escada, na mesa, no banquinho, no muro, no montinho que tem no jardim, em cima do carrinho, em tudo!!! Se for mais alto que o chão já entra na lista!

Vive tomando tombo... mas vamos fazer o que? Enrolar ele em plastico bolha? (clique aqui para estourar um monte delas! É um site divertido cheio de bolinhas!)

Fico lembrando de um comercial... da Gelol eu acho, que a mãe embrulhava o filho como a Graneiro embrulha seu computador para uma mudança... a coitada da criança mal andava... Acho que será a solução para o meu!!!

Pior que as avós, ficam horrorizadas com a quantidade de roxo que ele tem... e ainda temos que ficar explicando que "somos bons pais, olhamos nosso filho o tempo todo... mas incrivelmente, ele cai quandoa gente pisca!"

Sim, basta uma piscada pra ele conseguir fazer algo absurdo (como bater com a orelha no batente da porta... imaginam?)

Alem de Gelol? E Plastico Bolha....
Alguem conheçe uma forma EFICAZ do filho não cair?
Pagamos uma boa recompensa pela melhor sugestão!
rs...

6 comentários:

Isabella disse...

Mãe do Jõao ; )

o meu menino tem 4 anos e não tem uma coleção de roxos muito grande não... Mas também não para! Corre pra lá e pra cá o dia INTEIRO!

Se eu tivesse metade da energia dele, estava feliz : )

Então essa energia toda e roxos que vem com ela não terminam tão cedo...

bjs

Bel Gromik disse...

EU me achava uma mãe tranquila e afortunada.
Caru quebrou o braço uma vez já grandinha e Thomas idem.
Já o Alessandro...cortou e acidentou de tudo.
Não tem o que fazer quanto aos tombos, roxos e quedas. É da natureza da criança.
Então, conselho de mãe experiente: separe uns livros, palavras cruzadas, notebook, para as horas de sala de espera de raio X, de gesso etc.
E muita tranquilidade nessas horas, porque não adianta estressar.
E a coisa vai longe! O Ale já está com 13 anos e há um mês levei suturar um corte no pé.
Boa sorte!!!!
Beijos

Anônimo disse...

Jô, achei tudo o máximo! Vou vir sempre!
Bjo,
Fernanda

Nanda T G Freitas disse...

Ahaaa!!
Peguei você blogando outra vez, hein? Que delíííícia!!!
Já estou começando a ficar com coceirinha pra ter blog outra vez! Que delícia poder te "ler" como antigamente!!!

Bom, eu acho que vou fazer o perfeito estilo mãe neurótica... Vou enrolar mesmo meus filhos em plástico-bolha e checar todas as partes do corpo a cada meia hora kkk!!
Outro dia a filhinha do meu primo, de 7 meses, conseguiu cair dormindo de uma cama de casal com várias barricadas antiqueda - dois minutos depois que olhamos!! Quase morri do coração!!!

Adorei seu cantinho, Jo!
E o joão é lindo demais mesmo com os roxos!!!
Beijão!

Lele disse...

Mãe do JG,
Aqui em casa tb é assim!
Se o JP fica mais de 2 segundos em silencio pode escrever q ele está aprontando alguma.
Ele agora aprendeu a dar cambalhota e com isso, quer dar cambalhota em todos os lugares.
A gente vive correndo atras dele!
Vc vai viver isso!
rs
Bjss

Pri disse...

Jô...
Criança não é brinquedo...é ARTE!!! E você já viu arte sem rabisco??? Sem cores??? Que tal ROXO???
Criança que corre...pula...e cai é criança saudável!!! Ainda bem!!!

Mas não se preocupe pq depois que crescem um pouquinho as ARTES se tornam ainda mais mirabolantes, curiosas e criativas...Mas são importantes para encher nossos dias de emoções e nossos corações de alegrias!!!

Ser mãe é padecer no paraíso!!!

Amo você!
Amo ser a MÃE DA BEBELA!!!
Amo ser amiga da MÃE DO JOÃO!!!

Beijos
Pri