terça-feira, 22 de julho de 2008

Escolhendo pediatras diferentes- Ale

Não foi fácil escolher o pediatra da minha filha mais velha.Na época eu morava a menos de 3 anos em Curitiba e não tinha amigas que pudessem me indicar um bom profissional.
Por sorte meu ginecologista atendia em uma clinica onde havia outras especialidades, e foi assim que encontrei o pediatra da Cassiana. Marcamos uma entrevista e eu não fui com a cara dele..rsrsrs..Mas ele era o único que tinha referências do único médico que eu confiava na minha vida Dr. Gleden Teixeira Plates ( gineco),então deixei minha opinião e aceitei ele como pediatra pelas referências profissionais.
Cassiana nasceu de cesárea no dia 30 de outubro de 1994,um dia após a comemoração de 1 ano da Bruna filha do David.A data de nascimento dela foi adiada para que ele pudesse estar na festa da filha.
Agradeço por uma vez na minha vida não ter ligado para meus pensamentos! O David é o melhor pediatra que eu podia ter escolhido,se ele fosse embora de Curitiba era capaz de eu me mudar também..rsrs
A Cassiana sofre de vários tipos graves de alergia,corre até risco de vida se ingerir alimentos inadequados.Então o David Fo nosso Anjo da Guarda, fosse de madrugada,férias, final de semana,não importava,ele parava tudo e me atendia.Nunca deixou de retornar uma ligação.Minha filha nunca foi internada e antibióticos,poucas vezes em quase 14 anos de vida.E até hoje é ele quem nos socorre em casos de necessidade.
Eu só tenho a agradecer a você David E. Assad!! Obrigada!
Infelizmente ele não pode ser o pediatra do meu pequeno de 2 anos,pois estava na Inglaterra.Mas fui abençoada mais uma vez com a escolha do pediatra,que acabou sendo a pediatra. Mãe de uma amiga de maternal da Cassiana,e uma das melhores pediatras de Curitiba. O amizade de nossas filhas e de meu marido com o dela(eles pedalam juntos),faz com que eu sempre esteja em contato com ela,além das consultas.O meu pequeno é muito saudável,gripe nunca teve.E ela diz que isso esta assimilado as indicações de vacinas que sigo a risca( ai..hoje ele tem que tomar 3 vacinas de picadinha L),e aos cuidados que tenho em casa.Mas sei que tudo isso é graças aos cuidados e dicas que ela me passa sempre nas consultas.
Então o que posso dizer para finalizar, é que a escolha do pediatra não pode ir apenas por nossa simpatia com o profissional,é claro que isso também importa para que fiquemos mais a vontade.Mas é necessário levar em conta as qualificações do profissional.Mas se você mãe achar que algo não esta certo,siga seus instintos sempre!

5 comentários:

Fernanda disse...

Tenho maior trauma de pediatra. Escolhi o pediatra da Gabi antes dela nascer. Eu meio que fiz entrevista com vários pediatras kkk porque queria um que assistisse desde o parto até o resto da vida.
E quando a gabi tinha uns 2 anos ficou muito doente muito mesmo, que quase aconteceu o pior. E ele tratando como bronquite. e sabe o que a Gabi tinha? pneumunia bacteriana grave.
da um aperto no coração só de lembrar!!!
bjos

Re disse...

Muito interessante esses post sobre pediatra, imagino que nao deva ser facil escolher um, confiar, principalmente pq pra maes de primeira viagem muitas vezes a opiniao do pediatra eh a certa e ponto, ne? Espero nao ter dificuldade de escolher o pediatra do meu futuro filho. Bjs

Jo disse...

Eu lembro bem de como NAO FUI com a cara de alguns que entrevistamos... a Dra. Rejane me apaixonei de primeira!!
Mulher, pratica, objetiva, e muito carinhosa.. quer mais?
rs...
Mas eu tb tinha uma vizinha otima, que vivia me dando conselhos! rs...
Gente fina demais, um dia te apresento!
beijos

Fernanda disse...

Jo
mandei pro teu email :P

Alexandra disse...

Tô precisando de uma vizinha assim aqui também!rsrs..