terça-feira, 1 de julho de 2008

Nova tripulante!! Outro parto...

Pra começo de conversa, queria agradecer à Jô (e a todas as outras meninas, é claro!) pelo convite! Ser mãe é o que eu sei fazer de melhor... pelo menos é o que me dá mais prazer! E falar das dores e delícias dessa experiência, é maravilhoso!! Vou adorar fazer parte disso aqui, meninas!!!!
O Assunto dessa semana é PARTO... e eu já fiz um post sobre o meu lá no meu blog... ia fazer um novo, mas quando fui ler o que tinha escrito, percebi que não poderia mudar uma linha... tava tudo lá! Então, resolvi reproduzir aqui. Segue...

O SONHO DO PARTO:

- Sonhava com um parto normal, natural, com bolsa estourando no meio da madrugada, correria pra pegar as malas e ir pra maternidade, um tanto de dor (mas só um tantinho), suor, força etc, etc, etc... queria viver esse momento na plenitude! À pergunta "com ou sem emoção?" eu respondia "com muita emoção!".

Não rolou assim!

Eu já sabia que seria muito difícil (pra não falar impossível) eu ter um parto normal pq o Luquinha estava tipo um paxá, sentadão, de perninha cruzada e tudo, e que seria pouco provável que ele virasse até mesmo pelo espaço que ele tinha (vambora combinar que ele morou numa kitnet das mais apertadas, né?..). Por mais que eu tivesse idealizado um parto normal e tal, sempre pensei nele de uma maneira NATURAL... e quando soube que o Luca estava pélvico, fiquei um pouco triste sim, mas dei sequência. É pra ser cesariana? Vambora fazer cesariana! Eu ainda tenho o sonho da bolsa, da correria etc...

Ah, sim, esse outro sonho também acabou com 35 pra 36 semanas quando, fazendo uma biometria fetal de rotina, descobri que meu líquido amniótico estava "pouco" (ou quase isso) e comecei a ter que fazer exames quase que diários pra monitorar essa "falta" e ver se o neném estava bem lá dentro. Bolsa estourando?? Não senhor! A gente vai controlar a "felicidade e a segurança" dele dentro de vc... no menor sinal de que as coisas não vão bem por lá, é sala de parto na hora! (ui). E esse menor sinal veio numa quinta-feira (dia das grávidas no consultório da minha médica... toda quinta eu ia lá!), dia 2 de agosto de 2007, dia do meu aniversário! Fui crente que seria mais uma consulta semanal rotineira quando derrapei numa tal de uma taxa altíssima de plaquetas, bastonetes ou sei lá o que. O que isso significava? Uma infecção das bravas!!! E o que isso significava? Tá na hora de fazer esse parto URGENTE!

E o sonho se realizou!!!!... Eu não vivia pedindo "com muita emoção!!!"? Pois é, veio! Muita! Muita emoção mesmo! Uma overdose dela! A melhor de todas!!!

3 comentários:

A-N-A disse...

Kika, parabéns pelo lindo texto!
Eu nunca tinha visitado esse blog, perdi muito!
Agora vou estar SEMPRE aqui! Bj

Sam Gui Sam disse...

forte eu nada!! forte é vc!!! que aguentou todas essas complicacoes e nao perdeu as esperancas!!
parabenss!!!!

Minerva disse...

Boa sorte nessa nova fase!
;)