quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Precisa mesmo comprar???

Como todas nós somos mulheres do século XXI sabemos perfeitamente que a data é totalmente comercial. Que não existe sentimento algum maior do que a verdadeira atenção e disposição que damos aos nossos pequenos.

O dia das crianças é realmente aquele em que os pais se dedicam não a comprar presentes, mas a doar o seu tempo e seu carinho para ficar com os pequenos. Esse, para mim, é o verdadeiro dia das crianças. E pode se repetir várias vezes no ano. Não necessariamente tem que cair no dia 12 de outubro.

Nos primeiros anos eu não dei presente algum. Fiz mais festa com as pegadinhas do coelhinho da páscoa pela casa do que no dia das crianças mesmo. Agora, Catarina já está com quase 4 anos e Cecília com mais de 2, e frequentam o colégio. Logo, não quero tornar minhas minhas umas consumistas compulsivas, mas também não quero que elas se sintam inferiores.

Então fiz o seguinte. Peguei as duas na semana passada. Joguei todos os brinquedos possíveis e imagináveis no chão da varando e chamei as duas para me ajudar a separar por categoria e os que iriam para doação. Conversei sobre as diferenças sociais e que existem crianças que não têm sequer um brinquedo. Coloquei uma caixa grande de um lado da varanda e outra do outro. Uma era para os brinquedos que deveriam ficar para serem organizados e a outra para os brinquedos que serão doados.

O que mais me deixou orgulhosa foi que elas não deixaram a caixa de doações vazia. Tudo bem que não encheram, mas tiveram consciência de doar.

Trabalho concluído, sentei com elas novamente e conversei sobre o dia das crianças. Expliquei que era uma data que geralmente se dava brinquedo apra as crianças e disse que elas poderiam escolher o que queriam ganhar.

A Ciça disse que quer massinha e a Nina não conseguiu escolher ainda.
A Massinha eu comprei aquela cabeça que você vai empurrando a massinha e vai crescendo o cabelo e tem utensílios para ir cortando o cabelinho.
Para a Nina eu ainda não decidi, já que ela ainda não escolheu.

Outra coisa legal é que a escola intitulou o mês como o mês da criança e a agenda está lotada. Cada dia tem uma atividade diferente, essa semana eu lembro de um dia que teve piquenique, outro teve cama elástica e pinturas, amanhã terá um baile à fantasia. Acho que é hoje que terá uma apresentação de fantoches. Ou seja, elas já entenderam bem que dia das crianças não significa SOMENTE um presente, mas muita brincadeira para todas as crianças.

Um comentário:

Fernanda disse...

Heeey
tava lendo o jornal hoje e eis pra mn surpresa:

http://www.pagina20.com.br/index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=28&Itemid=30