sábado, 19 de março de 2011

FERNANDA LOHN

Quem eu sou? Não sei. Como disse um mestre “só o dia que eu morrer saberei quem eu sou”. E ele ainda citou, numa pós-graduação de Direito Constitucional, que o verdadeiro mestre foi Raul Seixas ao se definir como uma metamorfose, que por si só já é a mutação, e ambulante, ou seja, em movimento.

Acho que sou um pouco disso, uma verdadeira metamorfose ambulante, mas virginiana, com ascendente em aquário (o que predominando) e lua em capricórnio. Uma verdadeira loucura!
Trabalho com assessoria parlamentar desde 97 e desde 99 no Senado Federal.

Já fiz Eletrotécnica, um pouco de Letras Alemão, outro tanto de Administração e me formei em Direito. Fiz Fotografia também, com ênfase em fotojornalismo, www.flohn.com.br. Estou lutando para terminar a pós-graduação.

Me criei em Florianópolis e em 96 conheci a Jô e o “Bambam” no saudoso mIRC. Me apaixonei, pelo Bambam, e saí de mala e cuia de Floripa para Brasília decidida a me instalar na cidade. Era de comum acordo. Eu tinha completado 19 anos.

Ficamos juntos 12 anos e hoje não mais.

Quando estávamos com 8 anos de casados decidi que queria ter filhos. Queria gêmeos. Fomos ao geneticista que me destituiu da idéia! Foi um tal de “geralmente nasce antes, fica na incubadora sem direito à acompanhante, que como não tínhamos problemas férteis o recomendado seria eu induzir a múltipla ovulação, que com isso poderiam vir 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.... e, finalmente, o parto dificilmente será normal. Aí ele me convenceu.

Aí fui à ginecologista, comecei a tomar ácido fólico, vacinas mil, fazer exercícios (eca!), comer direitinho e me preparar psicologicamente. Aí veio o planejamento do signo que eu queria: capricórnio. Tentamos em março, a “misturação” não veio, fiz o exame e lá dizia:

<5 $&%# = negativo
>5 $&%# = positivo

O meu deu 7 $&%#!!!!!

Me digam, qual é o resultado deste exame?

A loira aqui ficou numa felicidade. Pulava, sorria e minha médica me ligou e me contou que não era pra eu ficar muito empolgada, que uma gravidez é algo muito sensível e que havia um período ainda para acontecer de a gravidez vingar ou não. Não vingou. Nossa! Foi a destruição! Fiquei mal. Aí ela disse para eu esperar e tal. Eu, claro, no mês seguinte, fiz várias ecografias para acompanhar a ovulação e foi no alvo certo. Fiz novamente o exame e aí o resultado deu 437 $&%#. Aí até cego vê, né?

Eu estava www.muitogravida.blogger.com.br!!!!

Veio uma linda e pequena rainha Catarina!
http://www.facebook.com/album.php?aid=2113641&id=1344226037&l=87497a7a63

Era só uma... Esperei emagrecer os poucos 30 kgs que engordei para engravidar novamente.

Quando Catarina andou, aos 10 meses, estava eu www.muitogravida2.blogger.com.br.

Veio então a linda e pequena princesa Cecília!
http://www.facebook.com/album.php?aid=2113709&id=1344226037&l=bd96bba19d

Há 8 meses iniciei um namoro muito legal com um carinha de Jericoacoara, Ceará. Legal é que antes de o namoro se iniciar todos se conheceram: o ex, as crianças. Isso deu uma pequena ajuda para ser menos turbulenta a situation.

Agora, neste momento, escrevo, ouço The times likes does, e ouço ao fundo a máquina de lavar/secar roupa apitando. Digo que ela chama-se Neide, minha grande amiga, e a máquina de lavar louça é a Val, de Valdirene. Sim!

Não tenho babá e nem empregada e nem diarista. Decidi algo para minha vida: não quero pessoas dentro da minha casa.

Para isso tenho muitos botões!

Eu adoro botões e toda tecnologia que puder ter. O chão pode ser de terra batida, as paredes de taipa, mas um notebook e internet (mesmo que capenga) tem que ter. Aí vem uma caixinha JBL para plugar no note... O som do carro é com cartão de memória, USB e entrada para o IPod. Odeio mídias. Para mim elas foram feitas para estragar rapidamente. O tempo varia com o gosto, quanto mais vc gosta, mais estraga. Ah! Vá %$#$#$&*!

Adoro a era digital! Sim. E adoro música. E não assisto TV. Acompanho o noticiário pela internet.

Moro numa casa com 2 Mangueiras, 1 Amoreira, 1 Limoeiro, 1 Laranjeira, 1 Cajueiro, 2 Jabuticabeiras, 1 Pé de Mexirica, 1 Pé de Lixia (Lichia, sei lá), 1 Pé de Acerola, 1 Pé de Araçá....
Com a Donna, uma Cocker, e o Scherek, um gato amarelo vira-lata, que foi salvo das mãos de uns moleques que estavam tentando afogá-lo no Lago Paranoá.

O que mais?

Hoje, depois de 33 anos, 2 de liberdade, me sinto muito feliz e contente. Cada um tem sua história e essa parte da minha foi uma grande revelação.

Não gosto de cerveja, de barzinho, de barulho, de muita gente com frequencia. Muito raramente faço este tipo de programa. Minhas melhores amigas não moram aqui. Estão espalhadas pelo mundo. E eu ADORO solidão, na medida certa, coisa que descobri com a separação, na hora que elas ficam com o pai. Nestes momentos, quando poucos dias, aproveito meu ócio criativo, quando muito e possível vou para Jijoca de Jericoacoara.

Adoro meu trabalho. É uma agitação e aparece a cada dia problemas dos mais diferentes para se resolver.

E a coisa que mais amo na vida são as minhas duas pequenas. Se não estiver trabalhando estou com elas. Sempre. Sempre e sempre. E também viajo muito com elas. Acredito que elas aprendem mais com os olhos nos primeiros anos de vida. Sendo assim já fomos para Florianópolis, Rio de Janeiro, Chapada dos Veadeiros/GO, Pirenópolis/GO, Porto de Galinhas/PE, Manaus e Selva Amazônica/AM e Jijoca de Jericoacoara/CE. Florianópolis e Jijoca já fomos várias vezes.

Elas são mais que minha vida, são a verdadeira razão do meu viver! http://www.facebook.com/album.php?aid=2113532&id=1344226037&l=c063c7c7ce

Esta sou eu, por enquanto...

Fernanda Lohn

4 comentários:

Angela disse...

Fer,

Você é no mínimo uma pessoa muiiiito interessante! Adorei te conhecer melhor, estava ansiosíssima para receber seu texto, pois sei que amou o Tema. Concordo com vc em relação a metamorfose, sempre tive esta opinião tb. Gostei muito de você!

Beijo grande,

Maria Fernanda :: www.clavedelua.com.br disse...

A vida da gente pode ser bem inesperada, se a gente se permite isso, né? Puxa! Parabéns pela sua linda trajetória e pelas meninas, que eu acompanho desde os blogs!!!
Beijocas!

Jo disse...

Last but not least...

A "Sereia" podia ter queimado a "pingo" mas se conteve... então vou manter "o passado nerd obscuro" guardadinho na gaveta pra uma próxima ocasião!!! rsss

A mãe da Catarina e da Cecilia, me conhece a uns 17 anos, e me viu pessoalmente 2 ou 3 vezes... rss
A distancia, e a maternidade, aproximou a gente quando João estava a caminho, e ela foi uma das amigas-mães-consultoras que ajudou muito na minha "primeira experiencia com filhos"!!!

Adora parir, mas não é muito fã de amamentar... histórias que já contou por aqui, e vai continuar contando por todo o lugar.... é mãe GUERREIRA, em caps lock!!!


Vai à luta pra ser feliz, e nao tem medo de jogar tudo pro alto e começar de novo (como fez quando se mudou pra brasilia e esta fazendo agora enquanto refaz a vida dela).... de acomodada, NAO TEM NADA!!! Perceberam?!?!

É uma "super mãe"... daquelas que lambe a cria, e vira especialista em qualquer assunto depois de muita pesquisa so pra poder entender o que acontece com as pequenas sem depender 100% de ninguem pra explicar ou traduzir!!!

Admiro... muito!!!
Por isso convidei de novo pra esse projeto!! E Ela é topa tudo... nao abandona o barco não!!!!

Gosta de politica na medida certa.... tem um site com otimos textos sobre o assunto que conhece nos bastidores... vale a pena uma passada (depois ela poe o link aqui!)

Fê,
seja bem vinda pela segunda vez!!!
Beijos e Beijos
JO

Fernanda Lohn disse...

Uau!

Só agora li tudo de uma vez e olha, a durona aqui, chorou.
Que bom! Que maravilhoso.
Pingo, ainda não sei pq nosso santo bateu, mas sei que bateu! E forte!
Fiquei abobada!
Obrigada! Vcs é que são ótimas e me motivam a ser uma mãe sempre melhor, admitindo meus erros e com energia para sempre inovar.

bjussssss