terça-feira, 17 de junho de 2008

Planejando filhos

Costumava sempre dizer que meus filhos não foram planejados, mas muito desejados.

Da Caru, engravidei solteira, aos 20 anos. Do Thomas, namorando o Sérgio há 1 mês e do Alessandro usando DIU, acabando de ter comprado um apartamento e arrumado certinho com um quarto pro Thomas e outro pra Caru.

Olhando assim, realmente, o que se imagina é que foi planejamento zero...quem seria louca de planejar um filho nessas condições?

Fora o fato de eu ser uma daquelas que engravida só de lavar a cueca, hoje, olhando pra trás, percebo que meus filhos foram muito planejados, sim. Eles já existiam na minha mente, antes de serem concebidos. Os três.

Cada um a seu modo, todos foram imaginados, visualizados e cultivados com muito amor e já estavam completamente idealizados antes da concepção. Daí a se tornarem reais foi só consequência, como é tudo em nossas vidas. Eu acredito firmemente que, depois de criada na mente, qualquer coisa se materializa no mundo físico.

Então, posso dizer com segurança, que meus filhos foram sim planejadíssimos, desejadíssimos e não há um só dia em que eu não agradeça a benção de ter colocado no mundo essas três pessoas tão especiais.

Beijos

Bel

5 comentários:

Kika Bastos disse...

OI meninas! A Jo esteve lá no meu blog e vim aqui conhecer! Adorei!
E, sobre o post, Bel... sim... pra quem tem o DNA da maternidade (total nosso casa, pelo visto), até acidente é planejadíssimo!!!
beijos!

Fernanda disse...

Olá Bel,
É complicado dizer que os meus filhos foram planeados, porque a história é algo complexa!
Antes de engravidar do mais velho abortei às 12 semanas e depois não consegui engravidar durante 3 anos. Como não queria fazer tratamentos de fertilidade, pensamos logo em adopção e partimos de férias para a Holanda. De regresso estava grávida, mas nem quis acreditar, pensei que fosse apenas um atraso, rssss....O Duarte nasceu depois de uma gravidez abençoada e passados 9 meses eu estava grávida novamente! Ok, admito que inicialmente entrei um pouco em pânico, eu ainda amamentava, era um bebé de colo e outro na barriga! Dá para entender?! Porém, depois do choque inicial fiquei convicta que foi o melhor que me poderia ter acontecido!
Resumindo, como você afirmo alto e bom som que os meus filhos, foram decididamente desejadíssimos!

Caru disse...

Obaaaaaaaaaaaa!!!
Sou a desplanejada mais amada do mundo!!! hihihih...

Beijos mams!

Jo disse...

Logo começarei a visualizar o segundo.. o terceiro.. e quem sabe o quarto!

FAMILIA GRANDE... rs... quero muitos!!!

rs... minha sócia que vai me matar se eu tirar licença maternidade... mas ela sobrevive sem mim!

Arilda disse...

Eu me lembro quando você olhava para sua "pequena" barriga e me dizia ...
E pensar que aqui dentro tem uma pessoa, com cabelo e unhas, dá até aflição.
É acho mesmo que nessa hora você já os estava mentalizando.
Obrigada pelos meus lindos netos planejados